Em 1947, nos Estados Unidos, a Congregação das Irmãs da Santa Cruz estendeu seu campo missionário de ação, enviando irmãs a São Paulo buscando atender às necessidades mais urgentes do povo e da Igreja, tais como educação escolar e catequese.

Assim, um grupo de Irmãs, incluindo-se entre elas Sister Charlita e Sister Olivette, partiu para cá. Logo após a chegada, o que encontraram na verdade foram desafios a superar.

Com a ajuda do Pe. Lionel Corbeil, foi-lhes cedida a casa de Vila Betânia, onde montaram uma escola para moças. Naquele tempo, as jovens que terminavam o curso ginasial dificilmente continuavam os estudos. Em Vila Betânia, recebiam-se essas jovens que aprendiam religião, arte, decoração e praticavam diferentes modalidades esportivas. Nossas primeiras religiosas desejavam, porém, um trabalho mais atuante e profícuo.

Em 1948, as irmãs iniciaram três projetos educacionais: um curso de cunho cultural para moças da classe alta daquela época, uma escola para crianças menos favorecidas e uma Pré-Escola, que ao longo de sua história tem se proposto a garantir uma educação de qualidade e a desenvolver valores éticos essenciais na formação da pessoa, seguindo os princípios filosóficos e pedagógicos de Padre Moreau.

Em 1947, nos Estados Unidos, a Congregação das Irmãs da Santa Cruz estendeu seu campo missionário de ação, enviando irmãs a São Paulo buscando atender às necessidades mais urgentes do povo e da Igreja, tais como educação escolar e catequese.

Assim, um grupo de Irmãs, incluindo-se entre elas Sister Charlita e Sister Olivette, partiu para cá. Logo após a chegada, o que encontraram na verdade foram desafios a superar.

Com a ajuda do Pe. Lionel Corbeil, foi-lhes cedida a casa de Vila Betânia, onde montaram uma escola para moças. Naquele tempo, as jovens que terminavam o curso ginasial dificilmente continuavam os estudos. Em Vila Betânia, recebiam-se essas jovens que aprendiam religião, arte, decoração e praticavam diferentes modalidades esportivas. Nossas primeiras religiosas desejavam, porém, um trabalho mais atuante e profícuo.

Em 1948, as irmãs iniciaram três projetos educacionais: um curso de cunho cultural para moças da classe alta daquela época, uma escola para crianças menos favorecidas e uma Pré-Escola, que ao longo de sua história tem se proposto a garantir uma educação de qualidade e a desenvolver valores éticos essenciais na formação da pessoa, seguindo os princípios filosóficos e pedagógicos de Padre Moreau.

"A mente não será cultivada às custas do coração"
Padre
Basile-Antoine Marie Moreau

O Colégio

O Colégio Santa Maria, fundado pela Congregação das Irmãs da Santa Cruz, tem mais de 70 anos de história no ensino e formação de crianças e jovens.

Proposta Pedagógica

O Colégio Santa Maria tem como meta fundamental a formação integral dos educandos, expressa através do Projeto Pedagógico e do Plano estratégico.

Irmãs da Santa Cruz

As Irmãs da Santa Cruz fazem parte de uma congregação internacional de mulheres religiosas, pertencente à família Santa Cruz de irmãs, irmãos e padres.

×

A compreensão do estar no mundo e a responsabilidade do sujeito

O mundo atual é caracterizado por uma dinâmica de mudanças muito intensa, que atingem as mais variadas esferas da vida. Aspectos da economia, política, meio ambiente, movimentos sociais, se transformam e se entrelaçam todos os dias produzindo acontecimentos em uma velocidade por vezes difícil de acompanhar. Os interesses dos atores envolvidos são das mais diferentes ordens, o que por vezes criam múltiplas formas de interpretação e uma real dificuldade das alunas e dos alunos de se posicionarem perante um acontecimento. Essa mesma variedade de interesses, acaba gerando formas diversas de narrativas e favorece o aparecimento de fenômenos como o de “pós-verdade”, conceito esse que designa o desvirtuamento de fatos já consolidados em nossa sociedade.

Nessa mesma dinâmica as chamadas “fake news” ganham força e contribuem cada vez mais com narrativas que buscam ocupar espaços de poder. Tudo isso alavancado pelo momento tecnológico que vivemos, no qual destaca-se a importância e o alcance das redes sociais tanto na propagação de notícias falsas quanto na expansão do alcance das mídias alternativas e tradicionais. A avalanche de informações que existe hoje dificulta o entendimento do movimento do mundo.  Por tudo isso, cresce a necessidade de que estudantes estejam atentos às novas condições de estar no mundo que se erguem na vida cotidiana, principalmente para se posicionar politicamente e saber agir com ética e responsabilidade.

Para isso propomos fazer uma leitura dos principais acontecimentos que ocorrem no Brasil e no mundo, através dos principais veículos de informação (tanto nacionais quanto internacionais) estabelecendo relações com os importantes conceitos das Ciências Humanas e fazendo a leitura de importantes analistas  do atual cenário do mundo contemporâneo. Os temas escolhidos para o curso  serão escolhidos no decorrer do ano letivo por conta de sua relevância na discussão pública e também de acordo com o interesse das estudantes e dos estudantes. 

Conteúdo Programático:

  • Conflitos políticos.
  • Crises econômicas.
  • Crises Ambientais.
  • Crises humanitárias.
  • Crises sanitárias.
  • Eleições nacionais (2022).

Clique aqui e veja o vídeo!